(…)

” Chega uma hora na vida que temos que escolher novos caminhos, sei que tomamos decições o tempo inteiro , mas ao acaso algumas são consideradas mais importantes que outras , mesmo sendo as quais consideramos insiginificates as que realmente mudam o rumo de nossas vidas.  Teve um tempo que sabia ao certo quem eu era, e que destino não existia , a vida era apenas obra do acaso. Minha confusão mental já não me permite definir se sinceramente ainda sei quem sou, não sei mas qual parte das historias são reais ou entendidas de um modo diferente na minha cabeça. Sobre o destino, agora tenho minhas duvidas.  Não consigo colocar na minha cabeça que apenas o acaso possa ter unido tantas peças de um unico quebra cabeça, e talvez eu esteja me agarrando a ele como uma forma de esperança.  Por mais estranho que seja , os sonhos que eu tinha aos 12 , 13 anos voltaram , eles batem com uma realidade vivida a pouco, e me deixam extremamente muito mais confusa em relação ao destino. Queria que talvez ouvesse uma pequena resposta diante da Pisicologia , algo que a ciência explicasse. Mas se eu levar tudo diante da logica, talvez as coisas percam o verdadeiro sentindo delas, o sentimento. Sei que qualquer momento da vida, por mais tenso que ele seja,   leva consigo a sensação importante de te-lo sentido. Isso não parece ter muita logica diante da perda de uma pessoa, porém talvez com o tempo você possa compreender que a dor é um processo da vida e que o importante é o amor vivido , e todos os momentos bons. Seria muito estranho se diante de uma vida inteira , uma pessoa nunca tivesse tido a sensação de sentir raiva, dor, angustia.

Não sei se estou pronta para tudo o que esta por vir, mas pela primeira vez na minha vida não estou planejando o final. Posso ate estar planejando reencontros , e dando preferencia aos planos e rumos. Porém não quero mais definir, como diz aquela sabia frase vista em muitos orkut ” Quem define , limita-se”. Estou cansada de “limitações” , mas ao mesmo tempo estou tentando manter meus pés no chão. Talvez ainda não seja a hora certa de se gritar “Ao infinito e além”. “

Anúncios

‘Um dia descobrimos que beijar uma pessoa para esquecer outra, é bobagem.
Você não só não esquece a outra pessoa como pensa muito mais nela…
Um dia nós percebemos que as mulheres tem extinto “caçador” e fazem qualquer homem sofrer…
Um dia descobrimos que se apaixonar é inevitável…
Um dia percebemos que as melhores provas de amor são as mais simples…
Um dia percebemos que o comum não nos atrai…
um dia saberemos que ser classificado como “bonzinho” não é bom…
Um dia percebemos que a pessoa que nunca te liga é a que mais pensa em você…
Um dia saberemos a importância da frase ” Tu se tornas eternamente responsável por aquilo que cativas…”
Um dia percebemos que somos muito importante para alguém mas não damos valor a isso…
Um dia percebemos como aquele amigo faz falta, mas ai já é tarde demais…
Enfim… um dia descobrimos que apesar de viver quase 1 século esse tempo todo não é suficiente para realizarmos todos que os nossos sonhos, para beijarmos todas as bocas que nos atraem, para dizer tudo o que tem que ser dito…
O jeito é: ou nos conformarmos com a falta de algumas coisas na nossa vida ou lutarmos para realizar todas as nossas loucuras…
Quem não compreender um olhar tampouco compreenderá uma longa explicação.’

Mário Quintana.

Reflita

A moça da foto se chama Katie Kirkpatrick, de 21 anos. Ao lado dela está o noivo, Nick, de 23. A foto foi tirada pouco antes da cerimônia de casamento dos dois, realizada em 11 de janeiro de 2005 nos Estados Unidos. Katie tem câncer em estado terminal e passa horas por dia recebendo medicação. Na foto Nick aguarda o término de mais uma destas sessões

Apesar de sentir muita dor, de vários órgãos estarem apresentando falência e ter que recorrer à morfina, Katie levou adiante o casamento e fez questão de cuidar do máximo de detalhes. O vestido teve que ser ajustado várias vezes, pois Katie perde peso todos os dias devido ao câncer

Um acessório inusitado na festa foi o tubo de oxigênio usado por Katie. Ele acompanhou a noiva em toda a cerimônia e na festa também. O outro casal da foto são os pais de Nick, emocionados com o casamento do filho com a mulher que namorou

Katie, sentada em uma cadeira de rodas e com o tubo de oxigênio, ouve o marido e os amigos cantarem para ela.

No meio da festa Katie tira um tempo para descansar. A dor a impede de ficar de pé por muito tempo

Katie morreu 5 dias após o casamento. Esta história corre pela internet como sendo real. Não duvido da veracidade, pois as fotos venceram um concurso americano de jornalismo. De qualquer forma, ver uma menina tão debilitada vestida de noiva e com um sorrisão nos lábios faz a gente pensar se a vida é mesmo tão complicada. Por isso eu repito: A vida não se conta pelas vezes que respiramos… Mas pelos momentos em que nos faltam o ar!!!

“Mon amour n´a jamis connu d´ethique”

Eu quero voltar mas não consigo

Ela sabia que quando entrasse no avião de volta para casa nunca mas o veria .. Levou  consigo então uma sensação estranha.

Havia se encantado com o seu  jeito de ser, aquele simples sorriso, o cabelo jogado de lado e o boné no qual ela tanto odiava.

Toda vez que sentisse saudades era só abrir sua carteira e la estaria a sua melhor lembrança.

“Eu sei amor de praia não sobe serra e o verão passou já era”

Te Encontrar De Novo Vinny
Yeah, Yeah, Tcubida down down
Yeah, Yeah, Tcubida down down
Yeah, Yeah, Tcubida down down

Hum Hum, me lembro de você entrar
No meu carro, no meu quarto, onde quer que eu vá
Até te vi pela televisão
Hum Hum, me lembro de você aqui
De noite acordada pra me ver dormir
E segurando a minha mão

Pede mais um trago
Acende um cigarro

Fica um pouco mais
Meu relógio tá louco
Espera mais um pouco
Agora tanto faz

Hum Hum, me lembro de te ouvir dizer
A vida é muito curta pra se arrepender
Por isso faça o que você quiser
Hum Hum, já que nada muda por aqui
Só você que sabe o jeito de fazer sorri
Parece até que eu inventei você

Pede mais um trago
Acende um cigarro

Fica um pouco mais
Meu relógio tá louco
Espera mais um pouco
Agora tanto faz

Uhh, eu quero te entender
Uhh, eu quero te encontrar
Te encontrar, te encontrar
Te encontrar de novo

(Dedicado a uma pessoa muito especial na qual conheci. Obrigada por tudo B.S. )

Entradas Mais Antigas Anteriores